Adoçantes artificiais e sua relação com a insulina e a diabetes

O açúcar é um tópico sempre em alta na nutrição. Diminuir o seu consumo pode melhorar a saúde e ajudar na perda de peso. Repor o açúcar com adoçantes artificiais é uma forma de fazer isso. No entanto, algumas pessoas afirmam que eles não são metabolicamente inertes como antes se pensava. Por exemplo, alguns pesquisadores acreditam que eles podem aumentar os níveis de açúcar e insulina no sangue. Os adoçantes artificiais são químicos sintéticos que estimulam os receptores de sabor doce na língua. Normalmente eles são chamados de adoçantes de baixa-caloria ou não nutritivos.

adocantes artificiais e a relação com insulina e diabetes

Consumir carboidratos pode aumentar os níveis de açúcar no sangue. A insulina é liberada para trazer os níveis de açúcar sanguíneo para o normal. Alguns creem que os adoçantes artificiais podem interferir com esse processo. Em curto prazo, eles não aumentar os níveis de açúcar no sangue, mas em longo prazo em humanos não se sabe. Teoricamente é possível que eles aumentem os níveis de glicemia sanguíneos afetando negativamente as bactérias intestinais, mas essa teoria ainda não foi testada.

A sucralose e a sacarina podem aumentar os níveis de insulina em humanos, mas os resultados são mistos e alguns estudos não mostram efeitos. O acesulfame-K aumenta a insulina em ratos, mas nenhum estudo em humano está disponível. Adoçantes artificiais não aumentam os níveis de açúcar no sangue e são consideradas alternativas seguras ao açúcar para diabéticos. Apesar deles não serem totalmente saudáveis são pelo menos, “menos piores” do que o açúcar refinado. Se você consumi-los como parte de uma dieta equilibrada, então não há evidências significativas que deva parar de consumi-los. No entanto, se estiver preocupado, troque pelos adoçantes naturais ou simplesmente remova qualquer tipo de adoçante da dieta.

Referência:
http://authoritynutrition.com/artificial-sweeteners-blood-sugar-insulin/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>