Arquivo da tag: dieta

A dieta baseada no ciclo menstrual e a perda de peso

26 de setembro de 2016

ciclo-menstrual-e-perda-de-peso-nutricionista-em-sao-paulo

Várias hipóteses sugerem que mecanismos biológicos potenciais podem explicar porque algumas tentativas para perda de peso falham e, o ambiente obesogênico ao redor parece ser um candidato óbvio. Entre os fatores biológicos propostos está o gênero sexual e, estudos de perda de peso mostram frequentemente que mulheres têm menos sucesso do que homens em perder peso e em manter essa perda de peso. O peso das mulheres é influenciado pelo ciclo menstrual, o qual mudanças nos níveis hormonais e interações trabalham para modular a fertilidade. Esses hormônios controlam o ciclo menstrual e coordenam as mudanças necessárias no consumo energético, gasto e estoque, enquanto prepara o corpo para a gestação todo o mês.

Continue lendo

Como a dieta cetogênica pode ajudar na perda de peso e no combate de doença metabólica

22 de julho de 2016

A obesidade e doenças metabólicas são um grande problema de saúde mundial. Cerca de 2,8 milhões de pessoas morrem anualmente por causas associadas com a obesidade. Uma dieta cetogênica é rica em gordura, moderada em proteína e extremamente baixa em carboidratos. Como os carboidratos são reduzidos e a gordura é aumentada, o corpo entra em um estado metabólico chamado de Cetose. Com isso o corpo começar a transformar gorduras em cetonas, as quais são moléculas que podem fornecer energia para o cérebro. Após alguns dias ou semanas com tal dieta, o corpo e o cérebro se tornam muito eficientes em queimar gordura e cetonas como combustível ao invés de carboidratos.

dieta cetogenica para perda de gordura

Continue lendo

Dieta Paleo e diabetes tipo 2

19 de julho de 2016

A dieta Paleo é baseada no princípio de comer de forma similar aos nossos ancestrais paleolíticos, mas o mais moderno possível. Apesar do que é permitido e não permitido variar dependendo de qual versão da dieta você considerar, a ideia geral é que você estará comendo alimentos diretamente da terra (frutas, vegetais, castanhas, sementes, ovos, carne e peixe) e evitará alimentos que provavelmente não eram ingeridos naquela época. Uma das vantagens é que esse estilo de alimentação normalmente significa comer menos quando come fora e mais quando come em casa. Quando você está cozinhando, se tem mais controle – controle dos ingredientes, de quanto você coloca na boca e nos níveis de açúcar sanguíneos.

dieta-paleo-e-diabetes-tipo-2-nutricao

Continue lendo

Como inserir gorduras saudáveis na dieta

6 de abril de 2016

Os peixes gordurosos como o salmão, arenque, sardinha, truta e atum são ótimas fontes de ômega-3. Essas gorduras são boas e ajudam a manter o coração saudável. Ele ainda ajuda a manter o cérebro ativo, especialmente conforme envelhecemos. A Associação Cardíaca Americana sugere o consumo de duas porções de peixe gorduroso por semana. O abacate é uma fruta rica em gorduras insaturadas, ótimas para a saúde cardíaca e amenizar sintomas de osteoartrite. Quando você come abacate com outros alimentos, você ajuda o corpo a absorver melhor os nutrientes.

como inserir gorduras saudaveis na sua dieta

Continue lendo

A verdade sobre as dietas hiperproteicas

9 de dezembro de 2015

nutricao joyce dieta hiperproteica atkins dukan 1

Perder peso enquanto come carne, hambúrguer, queijo e bacon é possível? Assim como as dietas de Atkins e Dukan? Primeiro você deve considerar os riscos e recompensas antes de começar uma dieta dessas. A maioria das pessoas precisa de 10-30% de calorias vindas de proteínas. Com uma dieta hiperprotéica há um maior consumo do que isso, em torno de metade das calorias diárias. A maioria das proteínas extras vem de fonte animal como carnes, ovos e queijos. Normalmente, essas dietas são severamente restritas de cereais, grãos, frutas e vegetais.

Continue lendo

Dieta do mediterrâneo e exercício aeróbio para melhorar a cognição em idosos

19 de outubro de 2015

O declínio da habilidade cognitiva com o aumento da idade está bem estabelecido e, está associado com uma redução no funcionamento de áreas cerebrais como as que regulam a atenção, velocidade de processamento e capacidade de memória. Durante o envelhecimento normal, o cérebro pode sofrer deterioração morfológica e funcional que pode afetar a neurotransmissão e a alteração dos sistemas motor e sensorial, sono, memória e potencial aprendizado. Estudos mostram que uma menor taxa de envelhecimento cognitivo pode ser atingida com um estilo de vida ativo e uma melhor saúde cardiovascular.

dieta_mediterraneo nutricao joyce idoso 1

Continue lendo