Arquivo da tag: gestação

Recomendações dietéticas para gestantes

7 de dezembro de 2016

Durante a gestação ganhar peso é normal. Na verdade é o melhor sinal que o bebê está crescendo. Naturalmente, isso significa que você precisa comer um pouco a mais do que o normal, no entanto, não significa que deve dobrar as porções. Durante a gestação o corpo se torna mais eficiente em absorver nutrientes dos alimentos, para que você não precise de calorias extras durante os primeiros três meses. Se atente às escolhas alimentares; é importante não comer demais, já que o excesso de calorias pode ser tão prejudicial como não comer o suficiente. Comer demais durante a gestação aumenta o risco de obesidade do bebê futuramente.

recomendacoes-dietetidas-para-gestantes

Continue lendo

Gravidez, nutrição e saúde

13 de Maio de 2014

nutricao-joyce-gravidez-2

A gravidez é um fenômeno fisiológico o qual acarreta uma série de transformação no organismo materno, com a finalidade de garantir o crescimento e o desenvolvimento fetal e ao mesmo tempo proteger o organismo materno. Para que ocorra um crescimento e desenvolvimento fetal adequado é necessária a oferta adequada de nutrientes. É ilusão a idéia de que a gestante/nutriz necessita de alimentação abundante. O excesso calórico não tem qualquer vantagem e seus malefícios estéticos e fisiológicos são amplamente conhecidos.

Durante uma gravidez normal são consumidas, para a geração do feto e nos mecanismos de adaptação do organismo materno, cerca de 80.000 kcal (durante os 280 dias da gestação). Esse montante representa acréscimo diário de cerca de 300 kcal na dieta da gestante. Durante uma gravidez normal, são sintetizadas cerca de 1.000 gramas de proteína – 500 g no feto, 60g na placenta e 440 g no corpo da gestante. A recomendação comum de proteínas na gestação é de 1,1 g/kg/dia, nas mesmas proporções quanto à fonte (2/3 de origem vegetal e 1/3 de origem animal). O aumento da massa de eritrócitos, o desenvolvimento do feto, das mamas, do útero, da placenta e as perdas sanguíneas no parto e puerpério elevam a necessidade diária de ferro no período gestacional e puerperal de 3 para 4 mg. Continue lendo