Arquivos da categoria: Obesidade

Fibras e Grãos Integrais

16 de julho de 2018


Pense em um ótimo alimento: baixo em calorias, que dá uma boa sensação de saciedade e que pode comer em grande quantidade. Maravilhoso não é? É a fibra e é real. Você pode encontrá-la em frutas, verduras, legumes, castanhas e grãos integrais. A maioria das pessoas deve comer mais fibras, especialmente aquelas com diabetes. Mesmo a fibra sendo um carboidrato o corpo não consegue digeri-la. Isso significa que se você não a digere não aumenta a glicose sanguínea. Conforme a fibra se move pelo intestino ela ajuda na digestão, dá saciedade e ajuda a controlar o colesterol e glicose sanguíneos.
Referência: https://wb.md/1sZ2UAW

Como Lidar com a Compulsão Alimentar

6 de julho de 2018

Comer em excesso de vez em quando é normal, assim como comer por razões emocionais. Pessoas que tem um consumo alimentar compulsivo podem utilizar o alimento como a única forma de acalmar as emoções negativas. Como resultado, elas normalmente acham que a sua alimentação está fora de controle. Pensam em comida o tempo todo e sentem-se culpadas, envergonhadas ou depressivas após comer. Algumas pessoas que comem demais têm uma desordem clínica chamada de compulsão alimentar (CA). Pessoas com CA comem quantidade excessivas de alimentos em um período curto de tempo e sentem culpa ou vergonha logo após. Elas fazem frequentemente: pelo menos uma vez por semana em um período de pelo menos três meses. Para muitas pessoas, comer compulsivamente é parte de um ciclo que começa com uma dieta restritiva. Um ciclo que é difícil de quebrar, particularmente se os gatilhos forem emocionais e estiverem bem enraizados; principalmente se forem decorrentes de uma imagem corporal negativa. Quando sentir vontade de comer, pause por um momento e se pergunte: estou com fome? Banir alimentos que podem causar uma compulsão mais tarde nem sempre é uma boa ideia. Se você realmente quer comer algo e está com muita vontade, mesmo se não estiver com fome, se dê a permissão para pelo menos uma quantidade pequena.

Chá e Perda de Gordura Abdominal

20 de junho de 2018

A Síndrome metabólica (SM) é normalmente diagnosticada com a ocorrência de três das cinco seguintes condições médicas: obesidade abdominal, glicose elevada, pressão arterial elevada, alto teor de triglicerídeos e baixos níveis de HDL. A federação internacional de diabetes estima que um quarto da população mundial adulta tem SM. A obesidade abdominal está associada com um aumento no risco de diabetes tipo 2. Na verdade 80% dos pacientes com diabetes tipo 2 estão sobrepesos ou obesos. Enquanto, uma perda de peso mesmo sendo pequena de 5-10% do peso corporal, pode reduzir significativamente os triglicerídeos e aumentar os níveis de HDL. Chá, uma das bebidas mais consumidas mundialmente, atrás somente da água tem muitos compostos, especialmente os polifenóis, conhecidos como catequinas. O chá verde e preto tem conteúdo de polifenóis similar. As catequinas como a epigalocatequina podem ser úteis na prevenção e tratamento da obesidade devido aos seus mecanismos potenciais que envolvem a inibição da diferenciação e proliferação das células de gordura, redução da absorção de gordura, aumento da oxidação da gordura, aumento do gasto energético e da utilização da gordura como fonte de energia.

Referência: ZHONG, X. Et al. Short-term weight-centric effects of tea or tea extract in patients with metabolic syndrome: a metaanalysis of randomized controlled trials, Nutrition & Diabates, v.5, 2015.