Arquivo da tag: gorduras

Como escolher as gorduras certas

28 de junho de 2017

A gordura não é a inimiga. Para ter uma boa saúde e, até mesmo perder peso, você precisa incluir a gordura – o tipo certo e não em grande quantidade – na sua dieta. A gordura ajuda cada célula do corpo a funcionar no seu melhor. Ela torna a pele macia e o cabelo brilhante. Ela promove até mesmo um sistema nervoso saudável, pois afinal de contas o cérebro é composto de 65% de gordura. As gorduras insaturadas presentes no óleo de canola e girassol, nas sementes, oleaginosas e nos peixes gordurosos ajudam a diminuir o LDL. Alguns alimentos inclusive são ricos em Omega-3 o qual tem potente ação antiinflamatoria e ajuda a preservar principalmente a saúde cardíaca.

Continue lendo

Maiores mitos da nutrição

12 de agosto de 2016

Vários estudos foram feitos com dieta de baixo teor de gordura e alto em carboidratos e, mostraram nenhum efeito no peso corporal ou risco de doença em longo prazo. Somente quando consumido em excesso o açúcar pode causar problemas metabólicos severos. Apesar de modestamente reduzir a pressão arterial, reduzir o sal/sódio não reduz o risco de infarto, derrame ou morte. Apesar dos ovos serem ricos em colesterol, eles não aumentar o colesterol sanguíneo ou o risco de doença cardíaca na maioria das pessoas. Estudos mostram que os ovos aumentam o HDL e não aumentam o risco de doença cardíaca, no entanto, alguns estudos mostraram um aumento no risco de doença cardíaca em diabéticos que comem ovos.

mitos da nutricao nutricionista em sao paulo

Continue lendo

Dicas para diminuir o colesterol e evitar problemas cardíacos

8 de Abril de 2016

Diminuir o colesterol tem mostrado reduzir o risco de doença cardíaca. Mesmo se você está tomando um medicamento para baixar o colesterol, a dieta e o exercício podem ajudar a uma saúde cardíaca e vascular ótima. Na verdade, alguns tipos de colesterol são necessários para um funcionamento adequado do corpo. Mas, gordura saturada e colesterol aumentam os níveis de LDL o colesterol “ruim”. Altos níveis de LDL podem causar placas que se acumulam nas artérias, levando a doenças cardíacas e derrame. O HDL é um colesterol “bom” e ajuda a eliminar o LDL do sangue. É possível diminuir o LDL e aumentar o HDL com a dieta.

como reduzir o colesterol

Continue lendo

Como inserir gorduras saudáveis na dieta

6 de Abril de 2016

Os peixes gordurosos como o salmão, arenque, sardinha, truta e atum são ótimas fontes de ômega-3. Essas gorduras são boas e ajudam a manter o coração saudável. Ele ainda ajuda a manter o cérebro ativo, especialmente conforme envelhecemos. A Associação Cardíaca Americana sugere o consumo de duas porções de peixe gorduroso por semana. O abacate é uma fruta rica em gorduras insaturadas, ótimas para a saúde cardíaca e amenizar sintomas de osteoartrite. Quando você come abacate com outros alimentos, você ajuda o corpo a absorver melhor os nutrientes.

como inserir gorduras saudaveis na sua dieta

Continue lendo

Trocas alimentares mais saudáveis

4 de setembro de 2015

Alimentos fritos e com maionese normalmente são ricos em gordura e sódio. Opte  pelos  alimentos  cozidos  ou  assados  e  com  iogurte  ou  requeijão, diminuindo  assim  o  valor  calórico  e  o  teor  de  gorduras  saturadas. Cheeseburgueres e hambúrgueres são altamente calóricos e ricos em gorduras e sódio; troque por wraps ou pães integrais recheados com salada e proteínas magras  como  o  peito  de  frango,  blanquet  de  peru,  atum  ou  carpaccio  de salmão.

ceasar-salad-recipe

Continue lendo

Ômegas e sua relação com a saúde

9 de setembro de 2013

As gorduras desempenham inúmeras funções no nosso organismo e seus componentes são os ácidos graxos que podem ser divididos em saturados, monoinsaturados e poliinsaturados. Dentres os poliinsaturados estão o ômega-3, o ômega-9 e o ômega-6. Esse último pode ser encontrado na forma de ácido araquidônico ou ácido linoléico. Alguns desses ácidos graxos são essenciais, ou seja, só são obtidos por meio da dieta. É o caso do ácido linoléico. Em quantidades adequadas o ômega-3 e o 6 desempenham papel importante na prevenção de doenças cardiovasculares, doenças inflamatórias, desenvolvimento neural, trombose, câncer e melhora na imunidade.

O equilíbrio entre a ingestão dessas duas famílias de ômega é necessário para que não haja um aumento de citocinas inflamatórias. Isso é bem comum na dieta ocidental, visto que o consumo de ômega-6 é maior do que o de ômega-3. Os alimentos ricos em ômega-6 são os óleos vegetais, o azeite, peixes de água quente, nozes, ovos, carne animal e leite. Segundo o Institute of Medicine a razão ideal de ômega-6/ômega-3 é de 10:1 a 5:1. Um excesso de ômega-6 aumenta os níveis de eicosanóides e consequentemente a inflamação e o risco para o desenvolvimento de doenças.

omega3

 

Continue lendo