Arquivo da tag: vitaminas

Benefícios da mandioca

3 de Maio de 2017

A mandioca é um tubérculo consumido em várias partes do mundo. Ela deve ser cozida antes de consumida. Pessoas com alergias alimentares normalmente se beneficiam do seu consumo, pois ela não tem glúten, grãos e castanhas. A mandioca é uma fonte expressiva de carboidratos e também fornece pequena quantidade de fibras, vitaminas e minerais como a B1, fósforo, cálcio e B2. Apesar dela conter vários nutrientes, os métodos de processamento diminuem significativamente o seu teor nutricional destruindo vitaminas e minerais.

beneficios da mandioca nutricao joyce

Continue lendo

Benefícios dos vegetais brancos

18 de Janeiro de 2016

Frutas e vegetais coloridos são um indicador de certos fitonutrientes como carotenoides laranjas ou antocianinas arroxeadas que podem ajudar a reduzir o risco de doença cardíaca e certos cânceres. Mas isso não significa que você não deva consumir os vegetais brancos. Um novo estudo publicado no Jornal Avanços da Nutrição mostra que eles contêm muitos nutrientes essenciais benéficos e fitonutrientes. E alguns nutrientes, como a vitamina C, fibra, potássio, vitamina D e cálcio não estão associados a cores.

beneficios dos vegetais brancos nutricao joyce nutricionista sp 1

Continue lendo

Benefícios da Vitamina B3 (niacina)

11 de Março de 2014

cereais-e-farinaceos-tabela-de-calorias-1331746742327_956x500

A niacina é uma vitamina hidrossolúvel também conhecida como vitamina B3, vitamina PP e ácido nicotínico. Ela é indispensável para o metabolismo energético, principalmente o de carboidratos, na produção de energia, na atividade enzimática e no controle do perfil lipídico. Ela corresponde à porção ativa das coenzimas NAD e NADP.

Ela está presente em quantidades significativas em carnes, vísceras, legumes, leite, ovos, grãos de cereais, leveduras, peixes e no milho. Também pode ser produzida através do triptofano. De acordo com as DRIs a dose recomendada para mulheres é de 14mg/dia e para os homens de 16mg/dia. O uso de altas doses pode provocar rubor (devido ao seu alto potencial de vasodilatação), náuseas, vômitos, flatulência e diarréia. Medicamentos contendo estrogênio, antibióticos, drogas anti epilépticas e isoniazida podem causar depleção de niacina. Continue lendo

Vitamina B6

21 de Fevereiro de 2014

422376-48222-59

A vitamina B6 ou piridoxina é uma vitamina presente na maioria dos alimentos e age como uma coenzima de reações enzimáticas nos metabolismos de aminoácidos, gorduras, carboidratos, neurotransmissores e na produção de hemoglobina. Sua forma mais biodisponível é a piridoxal-5-fosfato (PLP). As perdas de vitamina B6 são altas no cozimento e no processamento (enlatados) de carnes e vegetais.

Estudos apontam os seus benefícios na prevenção de doenças cardiovasculares, diabetes, doença progressiva renal e desordens neurológicas. Essa última função é decorrente da necessidade da vitamina B6 para a biossíntese de vários neurotransmissores como a serotonina, a dopamina e o GABA. Níveis baixos de B6 estão associados a um maior risco de depressão e epilepsia. Possui ainda atividade antioxidante.

Continue lendo

Vitamina A e saúde

21 de Janeiro de 2014

Foi descoberta em 1913, como resultado da sua habilidade em prevenir a cegueira noturna e a xeroftalmia (endurecimento e ressecamento da mucosa ocular). Pode ser obtida na forma de pró-vitamina (na maioria beta carotenos), de origem vegetal, ou retinol de origem animal. Ela tem um papel essencial em diversas funções fisiológicas como a visão, o crescimento, a reprodução, a hematopoiese e a imunidade.

vitaminaAb

A vitamina A, pré formada, pode ser obtida nos seguintes alimentos: óleo de fígado de peixes, ovos, produtos lácteos, vegetais folhosos de coloração verde escura e frutas alaranjadas. A sua absorção intestinal ocorre após o processamento de ésteres de retinila no lúmen intestinal. Após várias reações os ésteres de retinila sintetizados, bem como o betacaroteno intacto, são incorporados nos quilomícrons e captados pelos hepatócitos, onde são metabolizados a retinol.

Continue lendo